Loading...

terça-feira, 30 de dezembro de 2008

BOAS FESTAS, SEM EXCLUSÃO.


Com a chegada das festas de fim de ano, a exclusão social dos pobres fica ainda mais evidente, trazendo tristeza e dissabor para os pais que, envergonhados, não têm condições sequer de comprarem comida, nem tampouco um presente para os filhos.

Devido ao apelo comercial, a festa de Natal se tornou uma festa que marca ainda mais a exclusão dos pobres.

A medida que o Natal se tornou uma festa de caráter eminentemente comercial, passamos a trazer mais exclusão do que celebração. Isso porque as vitrines ficam cheias e sedutoras, e muitas vezes os pais não conseguem dar aos filhos aquilo que os colegas ou vizinhos ganham.

O Natal passa a ter um cunho muito comercial e as pessoas esquecem da verdadeira celebração que seria comemorar o suposto nascimento do Senhor Jesus, pois na verdade não sabemos a data precisa em que Ele nasceu.

As pessoas que desejam comemorar verdadeiramente o Natal, deveriam fazer exatamente o que o Senhor Jesus ensinou, deveriam repartir o pão, conforme a Biblía ensina.

Se nos propusermos a dividir o pão, o ensinamento que Ele nos deixou é o seguinte: "Porque tive fome, e me destes de comer, tive sede, e me destes de beber, era forasteiro, e me hospedastes, estava nú, e me vestistes, enfermo e me visitastes, preso, e fostes verme." (Mateus 25:35)
O Natal deveria ser um momento de repartir, o que infelizmente não ocorre.

A exclusão social crescente no Brasil, está estritamente ligada a questões que precisam ser resolvidas com urgência e, principalmente em favor das camadas menos favorecidas.

Primeiro é preciso gerar riquezas, pois não é possível combater a miséria gerando mais pobreza. Para isso, só há um caminho trabalhar mais. Deveria se acabar com tantos feriados no país, com a corrupção, lutar pela melhoria da educação, aumentar a transparência na hora das contratações, dar um basta a "politicagem", dando-se sempre preferência à competência, para que o fruto seja o melhor possível.

Depois deveria se transferir os recursos do sistema financeiro para o sistema produtivo, concedendo incentivos à agricultura, à construção civil, enfim gerando emprego e renda. Depois destas riquezas geradas é importante distribuí-las, criando mecanismos para que as pessoas tenham acesso a uma boa educação, saúde e alimentação digna. Assim sendo, com suas próprias forças, possam competir de igual para igual no mercado de trabalho.

Peço ao Senhor Jesus que salve nossas famílias, guardando-as da violência; que tenham um ano novo repleto de realizações, que todos nós deixemos Jesus viver em nossos corações e que o Espírito Santo possa nos conduzir. Espero também que, juntos, possamos construir um país melhor, mais justo, onde não exista essa vergonha de termos tantos brasileiros passando fome. Boas festas e um feliz 2009, SEM EXCLUSÃO.

Que Deus abençoe rica e abundantemente a todos
Paulo Roldão

2 comentários:

  1. só posso dizer que tudo que li é exatamente o que eu acho,no Natal as pessoas esquece do verdadeiro significado e só pensam em ganhar presentes, e festanças enquanto o seu irmão não tem nem um pão para matar a fome. parabéns adorei e penso exatamente como vc. um grande abraço!!!!

    ResponderExcluir
  2. mano Paulo, este ano foi de grande valor pra nós Cristãos, eu nada de queixa pra reclamar de 2008, em bora algumas coisas fizeram eu sofrer como a partida do meu Papai pra Gloria eterna, mesmo asim eu não desanimei tive o conforto do manino me trasendo palavras de carinho e otimismo, foi tambem um ano que pude embora no final mais dar uma mãozinha na sua câpanha politica, e isso nós aproximou mais um pouco. por isso que eu rogo ao Pai Celestial que em 2009 nós possamos alcansar as vitorias da luta deste 2008, onde semeamos e trabalhamos arduamente, na obra pra vermos os frutos, mano seu que a sua luta nunca foi em vão, 2009 sera um ano de grandes conquistas o Brasil sera totalmente transformado por Deus por causa das nossas sementes espalhadas por esta nação, Deus onrrara o seu povo, já estamos vendo a prosperidade começando por aqui com diverças obras cendo preparada pra alavancar o dezevolvimento de Rio Grande, sei que isso é resultado das nossas orações e suplicas, pois por muitos anos a metade Sul estava no esquecimento, só que o senhor nos ouvio e agora séra a nossa vez de crescer, mano sei do seu trabalho da sua luta sempre orando batalhando, pra ver estas coisas aconteserem, mano o Senhor Deus te colocara em destaque em 2009, é só confiar nele que veras a sua Gloria sobre a sua vida. feliz ano novo pra você e familia um forte abraço do mano Paulinho (Apostolica Shalom)

    ResponderExcluir